9º SEMINÁRIO DE ESTUDOS SOBRE TEATRO DE FORMAS ANIMADAS

9º Seminário de Estudos sobre Teatro de Formas Animadas

Tema: Ensino e Formação Artística no Teatro de Formas Animadas

Data: 3, 4, 5 e 6 de outubro de 2012.

Local: Teatro da SCAR – Jaraguá do Sul, SC

Promoção: Universidade do Estado de Santa Catarina – UDESC e Sociedade Cultura Artística de Jaraguá do Sul – SCAR.

Coordenação:

Valmor Níni Beltrame – ninibel@terra.com.br  e fabianalazzari@gmail.com (UDESC)

Gilmar Moretti – gilmoretti@terra.com.br  (SCAR)

As inscrições são gratuitas e podem ser efetuadas em: seminario.jaraguadosul@gmail.com

Serão emitidos certificados aos participantes do Seminário com 100% de frequência.

Objetivos:

Refletir sobre questões teóricas e práticas relativas ao Ensino e Formação Artística no Teatro de Formas Animadas; Conhecer e debater os processos de ensino e formação do ator animador realizados por Universidades Brasileiras e por Grupos de Teatro.

Abordagem do tema:

A formação dos artistas que trabalham com o Teatro de Formas Animadas no Brasil acontece, de modo predominante, no interior dos grupos de teatro durante a encenação e apresentação de espetáculos e em cursos e oficinas ministradas por artistas experientes cuja prática sistematizada propicia a jovens artistas, a aquisição de saberes sobre essa arte. Só a partir da metade da década de 1980 algumas Universidades Brasileiras passaram a incluir o ensino do Teatro de Formas Animadas nos currículos dos Cursos de Artes Cênicas. São oferecidas uma ou até três disciplinas, dependo de cada Universidade. Isso vem acontecendo em aproximadamente 15 universidades espalhadas pelo país. Diferentemente do que ocorre em outros países, no Brasil, não existem cursos técnicos ou cursos superiores dedicados a formação de artistas para o Teatro de Formas Animadas. No entanto, a complexidade do trabalho do ator-animador exige novas habilidades, principalmente àquelas relacionadas com possíveis interfaces com outras linguagens. Essas exigências podem ser verificadas na interdisciplinaridade das atuais montagens teatrais brasileiras. O uso de variados recursos cênicos, a utilização de bonecos e de objetos animados não antropomórficos, a presença mais evidente de atores na cena, a interação com mídias digitais, entre outros exemplos, fornecem uma visão da complexidade do trabalho a ser realizado pelos artistas que trabalham com o Teatro de formas Animadas.

Além das necessidades de formação para a utilização dos ferramentais que a tecnologia dispõe e para a utilização de interfaces com outras áreas do campo artístico, se evidencia a necessidade de formação básica que contemple as especificidades dessa linguagem artística.

Diante desta realidade, qual o papel das Universidades na formação de jovens artistas interessados em trabalhar com essa arte? Como são realizadas as atividades formativas nas Universidades e nos Grupos de Teatro? O que priorizar na formação de um jovem artista?

A perspectiva deste Seminário de Estudos é conhecer como ocorrem tais processos formativos, abrindo o debate sobre esse relevante tema: Ensino e Formação Artística no Teatro de Formas Animadas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s